Reanimação

A reanimação ótima é a aplicação de pressão positiva para inflar os pulmões e obter o máximo recrutamento alveolar sem causar danos.

Reanimação ótima, segura e consistente

Proteção com pressões controladas

A reanimação ótima é a aplicação de pressão positiva para inflar os pulmões e obter o máximo recrutamento alveolar sem causar danos posteriores estabelecendo a Capacidade Residual Funcional (CRF).

O Reanimador Infantil Com Peça em "T" fornece pressões controladas para ajudar a prevenir a hiperinsuflação pulmonar. Essas pressões controladas, Pressão de Pico Inspiratório (PIP) e a Pressão Positiva Expiratória Final (PEEP), são fornecidas com maior precisão se comparadas ao AMBU.

Referência Internacional

Todas as principais diretrizes de reanimação do mundo recomendam a utilização do Reanimador Infantil Com Peça em "T".

Benefícios do reanimador
infantil com peça em "T"

Criança Médico
Infla os pulmões da criança em segurança com pressões controladas1 Operadores: experiência, treinamento, concentração e nível de fadiga não afetam as pressões fornecidas.1, 2  Esses benefícios são altamente tranquilizadores para o médico
Concentrações de oxigênio de 21% a 100% podem ser fornecidas3 A PEEP pode ser utilizada durante a administração de surfactante
A reanimação umidificada ajuda a reduzir a perda de calor e umidade nas vias aéreas4 Pode fornecer PEEP consistente durante o transporte ou a troca do circuito respiratório
PEEP consistente pode melhorar a complacência pulmonar5,6 Insuflações iniciais estáveis podem ser fornecidas para estabelecer o volume dos pulmões6
  Fornecer relação Inspiração/expiração ideal – melhorando a troca gasosa

 

A Reanimação Com Peça Em "T" proporciona a máxima oxigenação, enquanto protege os pulmões contra danos.

Durante a reanimação com peça em "T", gases condicionados à temperatura corporal, de 37 °C, e totalmente saturados com 44 mg/L de vapor de água, ajudam a:

  • Proteger o epitélio pulmonar e a diminuir a queda de temperatura pós-natal
  • Prevenir a perda de umidade da via aérea da criança (especialmente durante reanimação prolongada)
  • Reduzir o risco da resposta inflamatória que ocorre nas vias aéreas da criança causada pelo ressecamento
  • Restaurar o equilíbrio natural e proporcionar o nível de umidade normalmente presente nas vias aéreas